Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (14) 99831-5177

Encontre o que deseja

NO AR

Clássicos Sertanejos

    Brasil

Daniel vai até audiência pública sobre pedágios e cutuca Vinicius

Publicada em 12/03/19 as 10:15h por Marília Notícia - 273 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Marília Notícia)

O prefeito Daniel Alonso participou nesta segunda-feira (11), das 10h às 14h, na sede do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), em São Paulo, da 1ª Audiência Pública do Projeto de Concessão do Sistema Rodoviário Lote “Piracicaba-Panorama”, com extensão de 1.201 quilômetros.

O percurso abrange trechos de 12 rodovias – SP-191, SP-197, SP-225, SP-261, SP-284, SP-293, SP-294, SP-304, SP-308, SP-310, SP-331 e SP-425 – atravessa 62 municípios das regiões de Piracicaba, Rio Claro, Jaú, Bauru, Marília, Assis e Panorama.

A Audiência Pública foi comandada pelo Diretor Geral da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), Giovanni Pengue Filho; com as participações também dos prefeitos Barjas Negri (Piracicaba) e Hélio Donizete Zanatta (São Pedro).

“A grande preocupação do prefeito Daniel Alonso é com a possibilidade da instalação de pedágios e, consequentemente, do valor destas tarifas”, diz nota enviada pela assessoria de prefeito.

De acordo com o texto divulgado pela Prefeitura, “desde que surgiu a informação da concessão, Daniel Alonso foi o primeiro prefeito a estar na Artesp e protocolar os projetos de melhorias para a SP-294 (Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros), no trecho entre os distritos de Lácio e Padre Nóbrega, incluindo todo o contorno de Marília, como vicinais, passarelas e o mais importante,um trevo de acesso a Nóbrega”.

“Estive participando desta 1ª Audiência Pública em São Paulo, que teve quase quatro horas de duração. Estive ao lado dos prefeitos de Piracicaba e São Pedro e apresentamos toda a nossa preocupação com relação aos pedágios e suas respectivas tarifas. O nosso trabalho é bastante coerente para conseguir as melhorias necessárias para a nossa região, mas temos uma grande preocupação com o custo disso”, afirmou o chefe do Executivo mariliense.

Daniel Alonso disse que uma das reivindicações à Artesp, caso a concessão se concretize, foi que a forma de concorrência seja feita pela menor tarifa e pelo menor número de pedágios.

“A nossa sugestão é que a empresa que apresentar o menor número de pedágios e a menor tarifa seja a vencedora desse processo. Estamos tomando todos os cuidados nesta situação, sem fazer disso palanque político como já estão fazendo em Marília. Estamos trabalhando de uma forma bastante técnica, coerente e racional.”

O prefeito de Marília informou que se antecipou ao saber da audiência. “Viemos a São Paulo logo nesta 1ª Audiência Pública com o diretor geral da Artesp, que é a empresa que vai decidir sobre a situação da concessão.

“Diferentemente de muitos, estamos na capital trabalhando efetivamente e buscando o melhor para a população mariliense, inclusive lutando para que melhorias sejam realizadas no trecho entre Lácio e Padre Nóbrega”, afirmou Daniel Alonso, em clara provocação ao deputado estadual Vinicius Camarinha (PSB), que faz campanha contra o pedágio nas redes sociais.

OUTRAS AUDIÊNCIAS

Mais quatro Audiências Públicas estão previstas para esta semana sobre esse Projeto de Concessão. A segunda está acontece hoje (11) em Bauru, com o secretário municipal de Planejamento Urbano, José Antônio de Almeida, representando o prefeito Daniel Alonso.

Na terça-feira (12) serão mais duas audiências simultâneas, sendo uma em Rio Claro e outra em Osvaldo Cruz, ambas com início às 10h30. E na quarta-feira (13), às 10h, outra reunião acontecerá em Rancharia.







ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (14) 99831-5177

Visitas: 74072 |  Usuários Online: 7

© Gabriel Teles - Todos os direitos reservados